Terça, 07 Novembro 2017 10:34

Encontro de Produtores marcou o 4º ano do Programa de Melhoramento Genético de Bovinos de Piraí

A Secretaria Municipal de Agricultura, no dia 4 (sábado), no Sítio Arca de Noé, localizado na Toca do Lobo, realizou o Encontro de Pecuária de Piraí, reunindo produtores de leite de diversas localidades.

Durante o evento foram realizadas palestras sobre Cruzamento de gado leiteiro com uso de IATF, Cultura de milho para silagem, TIFOI – biotecnologia de reprodução anima e Alimentação de bovinos, ministradas por Pedro Afonso Moreira Alves (Med. Vet. PESAGRO-RIO), Luiz Augusto Lopes Porto (Eng. Agr. CATI-SP), Renato Guedes (Med. Vet. Sec. Mun. Agricultura) e Marcelo Afonso da Garça Candido (Tec. Agr. - Balde Cheio), respectivamente.

O evento contou com vários stands de empresas de equipamentos e implementos agrícolas da região, almoço, leilão de novilhas reproduzidas através do Programa de Melhoramento genético de Piraí e, para finalizar, show de forró com a dupla Jorge e Júnior.

A secretária Municipal de Agricultura, Carla De Carli, explicou que o evento teve como objetivo principal garantir a troca de experiências dos produtores de Piraí com o Programa e oferecer informações úteis para a melhora da qualidade e o volume da produção leiteira no Município.

“Estamos comemorando quatro anos do Programa de Melhoramento Genético com excelentes resultados. Esse momento é importante para que o produtor se aprofunde e conheça melhor as novas formas de manejo e tecnologias disponíveis para garantir uma boa produção”, completou Carla de Carli.

A secretária destacou que o evento foi realizado totalmente através de patrocínio, sem custos para a Prefeitura e agradeceu às empresas que apoiaram o Encontro: Impletec (Stihl), D & R Agropecuária, Agropecuária Parapeúna, J. A. Saúde Animal, SEMEX, Alta Genetics, Matsuda, B. M. e Agropecuária Beija Flor.

O prefeito Dr. Luiz Antonio destacou que a valorização do homem do campo é um dos pontos importantes para o fortalecimento da economia local e que, apesar das dificuldades, a administração municipal tem se esforçado para atender as necessidades do setor.

“Além do Programa de Melhoramento Genético, a prefeitura tem se empenhado em oferecer suporte ao produtor rural através de vários trabalhos realizados pela Secretaria de Agricultura”, completou o Dr. Luiz Antonio.

Para o produtor Agenor Teixeira Oliveira Filho, do Sítio Nossa Senhora Aparecida, o Programa de Melhoramento Genético vai mudar a realidade da produção de leite nas pequenas propriedades.

“Hoje em média conseguimos cerca de 10 litros de leite por animal. Com essas bezerras nascidos através do Programa poderemos duplicar essa produção, chegando a 20 litros ou mais por animal”, explicou Agenor Oliveira.

 O produtor Renan da Costa Ouverney, com propriedade no Assentamento Roseli Nunes, disse que a Secretaria de Agricultura tem oferecido um ótimo serviço com o Programa de Inseminação.

“Nossa propriedade está evoluindo e conseguimos produzir de tudo. Conseguimos adquirir um trator e já não necessitamos mais dos serviços de trator agrícola da Secretaria. Estamos buscando sustentabilidade. Temos vacas, galinhas, peixe, mas nosso foco é a produção orgânica de hortaliças e legumes que vendemos diretamente na feira do produtor da cidade e para estabelecimentos comerciais na região”, explicou Renan Ouverney.

O Programa de Melhoramento Genético do rebanho bovino implementado pela Prefeitura de Piraí completou 4 anos, totalizando mais de 3200 inseminações artificiais por tempo fixo (IATF) e atendendo a mais de 50 pequenos produtores ao ano em todo Município, com um aproveitamento superior a 40%, representando o nascimento de mais de 1.300 animais com qualidade genética aprimorada.

A Secretária de Agricultura de Piraí, Carla De Carli, relatou que além de promover uma renovação qualitativa do rebanho no Município, a inseminação artificial através do método IATF, está resultando em um aumento gradativo na produção de leite e melhores índices zootécnicos.

“Com o Programa de Melhoramento genético além de animais com uma genética melhorada e maior capacidade de produção, estimamos uma redução considerável do número de vacas vazias nas pequenas propriedades e animal com bezerro no pé significa mais produção de leite”, explicou Carla De Carli.

Com um investimento anual de aproximadamente R$ 60 mil, o Programa de Melhoramento Genético realizado pela Secretaria Municipal de Agricultura, faz história e muda a realidade do pequeno produtor de leite em Piraí.

Lido 51 vezes