Quarta, 17 Fevereiro 2016 11:46

Vigilância busca apoio para intensificar combate ao Aedes aegypti

A fim de intensificar o combate ao Aedes aegypti, a Vigilância Ambiental em Saúde se reunirá com a Associação dos Moradores de Arrozal (Amar) nesta quinta-feira (18), em sua sede. O objetivo do encontro é unir forças junto à população contra o mosquito.

Segundo a chefe da Vigilância Ambiental, Keyla Libanio, a situação de infestação no distrito de Arrozal está crítica. Ela alerta que o uso do produto químico com carro UBV (Ultra Baixo Volume), que passará pelo município, serve apenas para eliminar os mosquitos adultos.

"Há necessidade de não deixar o mosquito nascer, eliminando os criadouros. Caso contrário, o uso do químico não surtirá o efeito desejado, pois novos mosquitos nascerão", ressaltou Keyla. 

A chefe da Vigilância Ambiental em Saúde garante ainda que a equipe está à disposição da população, bem como das ações organizadas pela Amar, para garantir as orientações e frisa que é necessário o apoio de todos.

No último sábado (13), agentes de Controle de Endemias verificaram imóveis com possíveis criadouros do Aedes aegypti em Arrozal. Diariamente, agentes comunitárias de Saúde têm orientado os moradores durante as visitas de rotina e determinados casos são encaminhados à Vigilância Ambiental. Em caso de resistência para seguir as orientações, o cidadão pode ser multado em até R$ 480.

Lido 1225 vezes