Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Mostrando itens por marcador: secsaude
Início do conteúdo da página

Mais Notícias

Na manhã da sexta-feira (23), no auditório da instituição Oásis no Caminho, no Centro, Piraí sediou o Fórum Regional de Saúde Mental do Médio Paraíba reunindo cerca de 130 profissionais do setor de 12 municípios.

A coordenadora do programa de saúde mental de Piraí, Fátima Regina da Silva Souza, informou que o Fórum acontece a cada dois meses, sendo realizado em um dos municípios integrantes da Região do Médio Paraíba e destacou a participação dos profissionais da rede de atenção básica do Município, agentes comunitários e do Hospital Flávio Leal.

“A presença dos profissionais de saúde ligados ao acolhimento, no contado direto com a população, é fundamental para que aconteça o encaminhamento adequado aos setores de cuidados psicossociais”, esclareceu Fátima Regina.

A coordenadora do programa de saúde mental de Barra Mansa, Maria Eugênia Franco Dias, afirmou que o evento consolida o atendimento às políticas públicas da rede de saúde mental da Região.

“É um momento de capacitação e de troca de saberes entre os profissionais e usuários buscando a efetividade dos cuidados psicossociais”, completou Maria Eugênia.

A abertura do evento contou com a participação do prefeito Dr. Luiz Antônio e da secretária de Saúde de Piraí, Maria da Conceição de Souza Rocha, que deram boas vindas ao Município e destacaram a importância da atenção psicossocial para a saúde do brasileiro.

“Em um momento como esse pelo qual passa o país, cheio de dúvidas e incertezas, a expectativa é de um aumento da vulnerabilidade da população para o desenvolvimento e o aumento de casos ligados a problemas psicossociais. É fundamental que o sistema de saúde esteja preparado para acolher e oferecer os cuidados necessários para cada um desses pacientes”, destacou o prefeito Dr. Luiz Antonio.

Publicado em Agosto

Leia mais ...

  • 23/08/19
  • 16h09

Está acontecendo todas as quintas-feiras, até 12 de dezembro, no auditório do CEAMTEC, em Piraí, o Curso de Aperfeiçoamento em Educação Popular em Saúde (EdpopSUS), realizado pela Fiocruz e o Ministério da Saúde em parceira com a Secretaria Municipal de Saúde de Piraí, com a finalidade capacitar como educadores populares em saúde os profissionais das equipes de atenção básica em saúde, agentes comunitários de saúde, agentes de endemias, integrantes de movimentos sociais, associação de moradores e conselheiros municipais, A educadora popular Luana da Silva Lima explicou que uma das finalidades do curso é preparar os participantes para atuarem diretamente junto a população em suas comunidades transmitindo informação e orientando as pessoas para a melhora da qualidade da saúde.

“A qualidade da saúde de um indivíduo é reflexo de todos os aspectos do seu dia a dia. Nas suas condições de trabalho, higiene da sua casa, na limpeza do seu quintal, na qualidade do meio ambiente, no convívio social e naquilo que comemos. Tudo ao nosso redor interfere na qualidade da nossa saúde e é importante que a gente aprenda que o primeiro responsável pela saúde de cada indivíduo é ele mesmo”, explicou Luana Lima.

O curso que terá o total de 17 aulas foi iniciado no dia 15, semana passada.

Publicado em Agosto

Leia mais ...

  • 22/08/19
  • 17h09

A Secretaria Municipal de Saúde de Piraí, em parceria com a Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz) abre inscrições para o Curso de Aperfeiçoamento de Educação Popular em Saúde (EdPopSUS II), voltado para profissionais e lideranças comunitárias que atuam em territórios com cobertura da atenção Básica do Sistema Único de Saúde (SUS).

A proposta do curso é aprofundar os conhecimentos de educação popular provocando reflexões e reorientações das práticas de educação em saúde vigentes no SUS, considerando os saberes, linguagens e valores sociais das classes populares. A inclusão das lideranças populares e movimentos sociais é fundamental para expandir o conceito de saúde, considerando que os saber e práticas não estão restritos aos profissionais, além de trazer experiência e apropriação de suas práticas populares.

Em sua quarta edição no município de Piraí, a expectativa é que o EdPopSUS 2019 forme 35 educandos,  sendo 70% deles Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Vigilância em Saúde (AVS), além de outros profissionais da Atenção Básica; e 30 % para lideranças comunitárias e integrantes de movimentos sociais.

A formação tem carga horária de 160 horas e está prevista entre de Agosto a Dezembro de 2019, divido em 17 encontros que acontecerão todas as quintas feiras. As inscrições podem ser feitas até 7 de agosto, pelo e-mail edpopsuspirai2019@yahoo.com.br, conforme o edital abaixo. 

ATUALIZADO: RESULTADO DOS SELECIONADOS EM ANEXO 

 

 

Publicado em Julho

Leia mais ...

  • 12/08/19
  • 13h59

O Arraiá Cai-e-Pira chegou a sua quarta edição na última sexta-feira (12). O evento, promovido pelo Caps Reviver,da Secretaria Municipal de Saúde, é uma iniciativa em prol da Saúde Mental, da convivência e respeito pelas diferenças. 

Na Praça Manoel Alexandre de Lima, muita animação, música e comidas típicas. Participaram os usuários do Caps de Piraí, do Programa da Saúde Mental de Mendes e toda a comunidade. A coordenadora do Programa de Saúde Mental Fátima Regina explicou que o objetivo é promover a interação com a população, como parte da política pública dentro do Sus em prol da diminuição dos preconceitos, da promoção da Saúde Mental e da inclusão social.

Um dos destaques deste ano foi a bela decoração, preparada com muito carinho pelas represantes do setor da Saúde Mental, e a festa ainda teve o intenso apoio do comércio local e dos familiares dos usuários. 

 

Publicado em Julho

Leia mais ...

  • 16/07/19
  • 16h17

A direção do Hospital Flávio Leal informou, em nota, que a partir desta terça-feira (9), a classificação de pacientes que passarão pelo setor clínico serão realizadas apenas de segunda a sexta-feira, em dias úteis de 8h às 17h..

A  Classificação de Risco para a pediatria está suspensa temporariamente, sendo os atendimentos pediátricos realizados de acordo com a ordem de chegada e a funcionária responsável pelo levantamento de prioridades dos casos juntamente com o Enfermeiro Classificador de Risco, que farão o encaminhamento adequado.

A nota também informa sobre  o período de espera para as classificações verde e azul, que serão modificados com base no protocolo reconhecido mundialmente, de acordo com o descrito abaixo:

Emergência (vermelha)- necessidade de atendimento imediato

Urgente (amarela) - encaminha para consulta médica imediata; caso de gravidade moderada. Avaliação em no máximo 30 minutos; necessidade de atendimento médico priorizado, sem risco imediato.

Pouco urgente (verde) - encaminhar para consulta médica, atendimento preferencial. avaliação em no máximo 120 minutos; caso de menor urgência que pode aguardar atendimento médico.

Não urgente (azul) - encaminhar para consulta médica; avaliação em no máximo 240 minutos.

OBSERVAÇÃO: Em caso de piora do quadro clínico durante a espera, retornar ao enfermeiro da classificação de risco para reavaliação.

A direção destaca que a medida tem a finalidade de adequar e melhorar o protocolo de Acolhimento com Classificação de Risco da unidade. "Destacamos que este protocolo foi montado levando em conta que a população do município de Piraí conta com cobertura de 100% Estratégia de Saúde da Família", finalizam.

 

Publicado em Junho

Leia mais ...

  • 08/07/19
  • 17h06

Na última semana, a Saúde de Piraí marcou presença no XXXV de Secretarias Municipais de Saúde  - Conasems, em Brasília.

O evento teve o tema "Diálogos no Cotidiano do SUS" e durante o seminário “Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde”, a secretária municipal de Saúde e presidente do Cosems RJ Maria da Conceição Souza Rocha apresentou a experiência do município de Piraí na área.

O Congresso do Conasems promoveu o encontro de mais de 5 mil congressistas – dentre eles, gestores municipais de saúde, trabalhadores do SUS, e de todas as esferas de governo, representantes de instituições ligadas à saúde pública e autoridades. O encontro é um momento de troca de experiências e informações que impactam diretamente no fortalecimento do SUS.

 

Publicado em Junho

Leia mais ...

  • 08/07/19
  • 15h28

A Divisão de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde de Piraí alerta os moradores do Município, principalmente aqueles que residem ou trabalham na área rural para o perigo de contágio com a Febre Maculosa, devido ao aumento da proliferação dos carrapatos nos meses de junho a setembro.

A chefe da Divisão de Vigilância em Saúde, Ana Cristina de Souza Braga, explicou que a doença é causada por uma bactéria com o nome Rickettsia transmitida por carrapatos e pulgas infectados, que tem sua proliferação aumentada consideravelmente no período de seca.

“É importante que as pessoas que moram, trabalham ou tenham atividades em áreas rurais ou próximos às matas fiquem atentos. Estudos provam que o tempo é crucial para a transmissão da doença, assim o quanto mais rápido o carrapato for retirado do corpo menos risco de contágio”, destacou Ana Cristina de Souza Braga.

No dia 21 de junho três pessoas foram internadas com suspeita de Febre Maculosa em Valença, após participarem de uma pescaria na área rural. Em janeiro passado Piraí registrou um caso de Febre Maculosa na localidade da Cacaria.

 Os sintomas mais característicos da Febre maculosa são febre de moderada a alta, fortes dores de cabeça, dor no corpo, calafrios e edema dos olhos e conjuntiva. A doença pode provocar paralisia, que normalmente se inicia nas pernas e pode subir pelo corpo parando outros órgãos vitais como rins e pulmões, causando a morte do paciente.

Ana Cristina de Souza Braga explicou que ao manifestar esses sintomas a pessoa deve procurar imediatamente o atendimento médico e informar que foi picada pelo carrapato.

Conheça mais sobre a Febre Maculosa: https://www.pirai.rj.gov.br/images/noticias/2019/arquivos/2019_febremaculosa.pdf

Publicado em Junho

Leia mais ...

  • 28/06/19
  • 23h18

Foi realizado na manhã desta quarta-feira (26) o VIII Fórum Intersetorial de Saúde Mental. O evento aconteceu no Instituto Oasis e reuniu representantes das áreas de Saúde, Educação e Assistência Social. 


Com o tema "Violência Autoprovocada" o encontro buscou propor reflexões e estratégias de abordagem e cuidado no atendimento a pessoa que encontra-se nesta situação de agressão contra si mesma, usando muitas vezes como válvula de escape para dores emocionais, em um recurso de desespero. 

"É no âmbito intersetorial que conseguimos encontrar caminhos para estas questões, sendo aqui um espaço para, enquanto pessoas, refletirmos e propor estratégias humanas para tratar desses temas complexos e delicados e que envolvem a Saúde Mental", disse a coordenadora do Programa de Saúde Mental Fátima Regina.

O evento contou ainda com a presença da doutora em psicologia Maria Spinoza e a psicóloga do CAPSi de Volta Redonda Gláucia da Silva, das secretárias de Saúde Maria da Conceição e de Educação Sandra Gomes Simões, das representantes da Assistência Social e Saúde Mental Raquel Costa e Ana Paula Campos ; e e ainda com a apresentação do Panorama Municipal das Notificações de Violência realizado pela chefe de divisão de Vigilância em Saúde Ana Cristina de Souza Braga. 

Os participantes organizaram em grupos de trabalho e depois contribuíram com suas ideias de estratégias de enfrentamento e ações intersetoriais. 

Publicado em Junho

Leia mais ...

  • 26/06/19
  • 13h47

A Secretaria Municipal de Saúde INFORMA e pede a atenção dos responsáveis pelos estabelecimentos comerciais de Piraí para indivíduos que, segundo informações, através de ligações telefônicas estão se apresentando como fiscais da Vigilância Sanitária do Município fazendo ameaça de multa e exigindo dinheiro para evitar infrações.

A Secretaria Municipal de Saúde informa ainda que a Vigilância Sanitária de Piraí não realiza contatos telefônicos, salvo raríssimas exceções, que sempre são acompanhadas da devida identificação. Em caso de dúvida solicite o nome e a matrícula do fiscal.

Os agentes da Vigilância Sanitária de Piraí se apresentam em duplas, utilizam coletes azuis estampados e crachás de identificação. Ao ser abordado por pessoas suspeitas solicite as identificações e se necessário informe a Secretaria Municipal de Saúde e as autoridades policiais.

Os telefones da Divisão de Vigilância Sanitária de Piraí são: (24) 2411-9320 e 2411-9334.

Publicado em Junho

Leia mais ...

  • 19/06/19
  • 12h36

Aconteceu na segunda-feira (17) a Oficina de Planejamento do Hospital Flávio Leal de Piraí. A ação é voltada para os gerentes de unidades, com foco na gestão para promover melhorias na assistência ao paciente e usuários.

 A oficina é fruto de uma iniciativa proposta pelo prefeito Dr. Luiz Antonio, como parte do processo de aprimoramento das ações e projetos, construindo indicadores e promover a qualidade na assistência.

 A equipe que coordenou a oficina foi composta pela médica e diretora geral do HFL Suely Pinto, os assessores Rodrigo Franciuli e Mônica Marques, e ainda as consultoras do Inca Juliana Gonçalves e da Fiocruz Marta Magalhães.

 "Esta é uma excelente ferramenta de planejamento, propondo dinâmica de trabalho, análise de dados e com foco na gestão participativa e cotidiana, buscando preparar as pessoas e promover um trabalho contínuo, sustentável e autônomo no HFL", disse Suely Pinto.

 "É uma experiência inovadora, nos capacitamos tendo em vista novas perspectivas e horizontes, com o apoio de uma equipe muito eficiente", declarou a representante do Núcleo de Infecção Relacionadas à Assistência a Saúde Érica Campos.

Publicado em Junho

Leia mais ...

  • 18/06/19
  • 14h50
Fim do conteúdo da página


Endereço: Praça Getúlio Vargas, s/n°, Centro, Piraí - RJ - 27.175-000
Telefones: (24) 2431 9950 | (24) 2431 9957
Atendimento: Segunda a sexta-feira de 08h às 17h
E-mail: ouvidoria@pirai.rj.gov.br