Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Fevereiro > Piraí é uma das três cidades pilotos para implantação do e-SUS Atenção Domiciliar
Início do conteúdo da página
Terça, 25 Fevereiro 2014 09:38

Piraí é uma das três cidades pilotos para implantação do e-SUS Atenção Domiciliar

Piraí é uma das três cidades pilotos para implantação do e-SUS Atenção Domiciliar

O Município de Piraí, através da Secretaria de Saúde em parceria com o Governo Federal é uma das primeiras três cidades brasileiras a testar o e-SUS Atenção Domiciliar, que tem como finalidade transformar os atuais prontuários feitos no papel por prontuário eletrônicos, agilizando e facilitando o acessos dos profissionais de saúde às informações do paciente. As outras duas cidades utilizadas como pilotos para implantação do e-SUS são Blumenau (SC) e Uberlândia (MG).

Os equipamentos e os sistemas para gerenciamento de informação do e-SUS Atenção Domiciliar foram fornecidos pelo Ministério da Saúde, sem custos para o Município e inicialmente estão sendo utilizados pelas equipes do Serviços de Atenção Domiciliar (SAD).

O sistema está instalado em tablets utilizados pelas equipes que acompanham pacientes que necessitam cuidados domiciliares. Durante a visita o médico atualiza o estado do paciente, confere o resultado de exames, organiza a agenda e deste modo pode gerir melhor cada situação.

Os dados são armazenados sem a necessidade de conexão com a internet e são sincronizados na Unidade de Estratégia de Saúde da Família, através de um servidor que dá garantia de que não haverá perda de informações.

Segundo o coordenador de Tecnologia da Informação da Secretaria de Saúde, Márcio Silvestre, esse sistema atende uma demanda antiga e qualificará a gestão de modo a dar transparência aos atendimentos.

"Acredito que o maior ganho que isso vai trazer é na economia de tempo. Já que a informação é inserida no sistema uma vez só, podendo ser usada por outros profissionais de saúde que atendam ao mesmo paciente. Além disso, outro benefício será a qualidade do tratamento ao paciente. Em caso de qualquer dúvida sobre exames ou receitas, o profissional de saúde já pode consultar na hora. O acesso à informação é muito seguro", afirma Márcio.

A coordenadora do SAD, Rizzieri Misaque, diz que o sistema poupará tempo e gastos e será um benefício mútuo.

"Com o e-SUS AB os profissionais terão acesso muito mais rápido a informações que necessitam. Além disso é mais seguro porque não haverá dúvida quanto essas informações. Não haverá risco de ter que pedir algum exame que já foi feito, por exemplo, e seu resultado ainda atende, porque estará constando lá que foi feito o pedido e o resultado", explica Rizzieri.

A secretária de saúde, Maria da Conceição de Souza Rocha, se diz satisfeita com o novo sistema.

"Os prontuários eletrônicos qualificarão a gestão. A assistência ganhará agilidade. As informações serão de fácil acesso e até diminuirá os gastos. Não correrá mais o risco da letra dos médicos não ser entendida e economizaremos no consumo de papel também", comenta a secretária.

O sistema está em funcionamento desde o início do mês de fevereiro. O projeto é expandir e integrá-lo aos demais atendimentos de saúde.

O SAD – Serviço de Atenção Domiciliar

O Serviço de Atenção Domiciliar atende pacientes cadastrados na Estratégia de Saúde da Família e que necessitam de tratamentos periódicos. A equipe é composta por um médico, um enfermeiro e um fisioterapeuta.

São comuns os atendimentos em casos de sequelas após alguma doença ou acidente e internações domiciliares.

A equipe presta o atendimento até o paciente conseguir uma estabilidade e seja possível que alguém da família cuide. Esta pessoa recebe orientações para os cuidados que devem ser tomados e como deve continuar o tratamento.

A demanda para o SAD vem tanto da integração entre o Hospital e a equipe da Saúde da Família quanto da própria população. No caso de ser um pedido pessoal, a equipe da Saúde da Família é convocada a avaliar o caso para saber se o pedido é coerente.

Integração

Na próxima quarta-feira (26) será realizada no Posto de Saúde da Casa Amarela a apresentação do projeto piloto de integração de dados dos prontuários. 

Lido 2202 vezes
Fim do conteúdo da página


Endereço: Praça Getúlio Vargas, s/n°, Centro, Piraí - RJ - 27.175-000
Telefones: (24) 2431 9950
Atendimento: Segunda a sexta-feira de 08h às 17h
E-mail: ouvidoria@pirai.rj.gov.br

Nós Usamos Cookies

Os cookies são usados para aprimorar a sua experiência. Ao fechar este banner ou continuar na página, você concorda com o uso de cookies.