Secretaria Municipal de Educação

Projeto Político

Acreditamos que a educação deva ser compatível com a valorização dos profissionais da educação, deva abranger desde a questão salarial até os meios e recursos disponíveis para o ato de educar como: biblioteca, videoteca, computadores, materiais pedagógicos e mesmo a segurança da estrutura física da escola e integridade dos profissionais, alunos, pessoal de apoio.

Optamos por uma ação pedagógica capaz de dar criatividade aos alunos, fazendo com que eles possam caminhar com seus próprios conhecimentos, conscientizando o educando de seu livre arbítrio e tendo como elo fundamental o professor como orientador criativo que se nutre do amor, da humanidade, de esperança e da confiança.
Queremos uma educação com práticas democráticas, em que todas as pessoas envolvidas participem das decisões, atuando conjuntamente. Desta forma, visamos oportunizar ações coletivas que poderão fluir na transformação da sociedade.

Que toda ação seja planejada e refletida para que os alunos aprendem e adquiram o desejo de aprender cada vez mais com autonomia.

Que a prática pedagógica se focalize no desenvolvimento do aluno, ou seja observá-los de perto, conhecê-los, compreender suas diferenças, demonstrando interesse por ele.

Que as aulas sejam planejadas com base em um conhecimento sobre o que eles já sabem e o que precisam e desejam saber.
Que a escola promova o desenvolvimento das potencialidades de pessoas portadores de necessidades especiais, condutas típicas ou altas habilidades. Fundamentando-se em referenciais teóricos e práticos compatíveis com as necessidades específicas do seu alunado.

Que a avaliação seja um meio de ficar sabendo como está a aprendizagem dos alunos e obter indícios para refletir e melhorar a sua própria prática pedagógica.

Que a avaliação seja um processo que acontece durante todo o ano, em vários momentos e de diversas formas, observando nos alunos suas capacidades, explorando seu potencial e avaliando sua compreensão dos conteúdos curriculares e seus avanços.

Que  os gestores, compartilhe decisões e informações, preocupando-se com a qualidade da educação, com relação custo benefício e a transparência.
Que o conselho escolar seja atuante, orientando, opinando e decidindo sobre tudo que tem a ver com a qualidade da escola.
Que o Conselho Escolar envolva pais, alunos, professores, funcionários e outras pessoas da comunidade na administração escolar.

É importante que se garanta a formação continuada aos profissionais e também outras condições, tais como: estabilidade do corpo docente, o que incide sobre  a consolidação dos vínculos e dos processos de aprendizagem, uma adequada relação entre o número de professores e o número de alunos, condizentes com a importância do trabalho.

É preciso estar atento ao bom aproveitamento dos recursos existentes, tendo suficiência, ou seja, disponibilidade do material, espaço ou equipamento quando dele se necessita.

Que os alunos permaneçam na escola e consigam concluir os níveis de ensino em idade adequada.
Vale lembrar que esta luta é de responsabilidade de toda a comunidade que se relaciona com a escola e se mobiliza por sua qualidade. Educação é um assunto de interesse público. Por issso, pretendemos que a aplicação das ações envolva todos os atores.