Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Abril > Projeto que resgata a escrita de cartas chega a Piraí
Início do conteúdo da página
Quinta, 09 Abril 2015 14:28

Projeto que resgata a escrita de cartas chega a Piraí

Projeto que resgata a escrita de cartas chega a Piraí

Criada pelo Programa "Ler é uma Viagem", a oficina para professores acontece no dia 10 de abril, das 15h às 17h, na Secretaria da Educação

Na obra “Dom Quixote de Lobato”, Dona Benta reúne as crianças do Sítio do Picapau Amarelo para ouvir as histórias de Dom Quixote de La Mancha, um fidalgo que ao ler romances de cavalaria, acredita que tenham sido verdadeiros e decide sair pelo mundo para viver sua própria aventura. A simpática vovó incorpora em cada fala todas as emoções do guerreiro aventureiro e consegue envolver tanto os personagens quando os leitores em uma atmosfera de emoção e diversão. 

Inspirada nessa obra, o Programa “Ler uma Viagem” desenvolveu um projeto para levar às escolas as mesmas sensações vividas pelos personagens e leitores do Sítio. O objetivo é resgatar nos alunos e professores o prazer e encantamento da leitura. “O projeto oferece um ambiente de imersão no texto que estimula a criatividade e também ferramentas pedagógicas para que os professores possam dar continuidade ao aprendizado e à experiência em sala de aula”, explica a idealizadora do projeto Élida Marques. 

 

Ninguém lê?

Durante as oficinas, os educadores são convidados a desvincular a leitura da formalidade, criando um ambiente de muita participação e descontração para as crianças durante a escuta do texto. “Muitas pessoas afirmam não ler, mas estão se referindo apenas aos clássicos da literatura. Queremos mostrar que a leitura vai além deste formato”, aponta Élida.

O projeto lança mão do recurso da escrita de cartas, prática que vem se perdendo ao longo dos anos. A primeira atividade proposta pela oficina é escrever uma carta, sem destinatário obrigatório.“Histórias emocionantes surgem nesse processo. As pessoas escrevem para entes queridos, contam sua trajetória de vida, relembram quando foi a primeira vez que leram ou quando escreviam cartas”, conta a idealizadora. Na sequência, a atriz Élida Marques interpreta Dom Quixote, personagem título do projeto que, junto com seu fiel escudeiro Sancho Pança – vivido pelo músico Marlos Mateus - inicia a leitura de cartas, trazendo à tona toda a emoção colocada no papel. A atividade continua com todos lendo cartas de outros participantes e mostrando como é possível se encantar com cada linha.

 

Lei de incentivo

Aprovado pela Lei Rouanet, “Dom Quixote de Lobato” tem patrocínio integral do Grupo CCR e percorrerá 50 cidades dentro da abrangência das rodovias somente em 2015. A ação fará parte do programa “Estada para Cidadania” da CCR, e incluirá sessões de leitura pública com música ao vivo e oficinas de leitura e escrita criativa para educadores.

 

Estrada para a Cidadania

O Programa Estrada para a Cidadania é um investimento social do Grupo CCR que completa 13 anos em 2015 como a maior iniciativa privada de educação de trânsito do País. A CCR aposta na educação para o trânsito e meio ambiente visando a formação de futuros cidadãos e o desenvolvimento sustentável, cooperando para a transformação social. 

O Estrada para a Cidadania é oferecido em parceria com secretarias municipais de Educação a alunos dos 4º e 5º anos do ensino fundamental nos municípios abrangidos pelas rodovias administradas pelas nove concessionárias da CCR nos Estados do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Mato Grosso do Sul. O material pedagógico é exclusivo, inclusive em braile, e é um dos diferenciais do programa, promovendo a transversalidade entre as disciplinas.

Desde 2002, o programa contemplou mais de 2 milhões de alunos e capacitou em torno de 80 mil professores em cerca de 120 municípios. Em 2010, recebeu o prêmio de melhor programa de Responsabilidade Social da IBTTA (International Bridge, Tunneland Turnpike Association), a mais importante associação internacional que reúne concessionárias de rodovias.

 

Sobre Sustentabilidade no Grupo CCR:

O Grupo CCR é signatário do Pacto Global e publica seu relatório anual com base nas diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI), seguindo as mais rígidas práticas na prestação de contas para todos os públicos com que se relaciona, direta ou indiretamente.  Atuando em mais de 100 municípios, o Grupo CCR possui desde 2006 uma Política de Responsabilidade Social Corporativa. Em 2010, por meio do Programa Corporativo de Sustentabilidade CCR, a companhia inseriu o tema em suas diretrizes e objetivos estratégicos. Esse programa está presente em todos os níveis de gestão da empresa, estratégico, executivo e operacional, tudo para garantir o tratamento das externalidades, como resíduos sólidos, emissões de gases, consumo de energia e água e segurança viária.  Desde 2004, o Grupo CCR conta com uma política de investimento social com o objetivo de fomentar o desenvolvimento, disseminar a cultura nacional e promover iniciativas sociais, esportivas e ambientais nas regiões em que atua. Os recursos investidos pela CCR já possibilitaram o acesso à cultura e à educação para mais de 1,5 milhão de pessoas, apoiando mais de 120 projetos em mais de 100 cidades do País. Foi eleita em 2013 e 2014 a empresa mais sustentável no setor de infraestrutura pelo Guia Exame Sustentabilidade. Em 2014, foi premiada com o 1º lugar na categoria Destaque AE Empresas pela Agência Estado, entre as 10 maiores companhias abertas que melhor adotam práticas de administração e governança corporativa no Brasil. Também foi premiada pela AE nas categorias Sustentabilidade e Novo Mercado. Em 2014 venceu na categoria relato integrado o prêmio Época Empresa Verde.

 

Sobre o Ler é Uma Viagem

Programa criado em 2003, pela atriz Élida Marques, incentiva práticas leitoras através da mediação de leitura com música ao vivo, leitura pública, saraus, recitais, shows e eventos literários diversos. Realizou mais de 500 apresentações e reuniu um público de mais de 30 mil pessoas que foram sensibilizadas pelo prazer que a leitura literária pode proporcionar.


Lido 3230 vezes
Fim do conteúdo da página


Endereço: Praça Getúlio Vargas, s/n°, Centro, Piraí - RJ - 27.175-000
Telefones: (24) 2431 9950
Atendimento: Segunda a sexta-feira de 08h às 17h
E-mail: ouvidoria@pirai.rj.gov.br

Nós Usamos Cookies

Os cookies são usados para aprimorar a sua experiência. Ao fechar este banner ou continuar na página, você concorda com o uso de cookies.