Quarta, 16 Agosto 2017 15:23

Mês de agosto é dedicado ao aleitamento materno

Mês de agosto é dedicado ao aleitamento materno Fonte: Ministério da Saúde/ Saúde Brasil

A cada ano que passa, aumenta a conscientização da sociedade sobre a  importância da amamentação até os dois anos ou mais sendo exclusiva até os seis meses de idade do bebê. A criança que recebe o leite da mãe no primeiro semestre de vida não precisa de qualquer outra fonte de alimento, nem mesmo água.

"Estamos comemorando a 25ª Semana Mundial da Amamentação, com intuito de envolver a sociedade nesta causa. Ao longo dos 25 anos de campanha, percebemos que as mães têm se conscientizado. O resultado disso são as taxas de aleitamento materno exclusivo que aumentaram", aponta Fernanda Monteiro, coordenadora das ações de Aleitamento Materno do Ministério da Saúde. “Cada vez mais encontramos grupos de mães que se unem em torno do tema e se apoiam nessa fase da amamentação”, acrescenta. 

"A amamentação exclusiva passou de 3% em 1986 para 41% em 2008. A meta mundial é de alcançar 50% de aleitamento materno exclusivo até 2025. Vale lembrar também que o papel dos profissionais de saúde tem sido fundamental, principalmente durante o pré-natal", reforça Fernanda Monteiro.

É importante lembrar que a recomendação da Organização Mundial de Saúde e Ministério da Saúde é de amamentar com leite materno até o dois anos ou mais, sendo de forma exclusiva até o sexto mês de vida do bebê.

 O tema adotado pelo Ministério da Saúde na Semana Munsial de Amamentação deste ano de 2017 foi "Amamentar. Ninguém pode fazer por você. Todos podem fazer junto com você”. Este tema traz como pano de fundo a necessidade de todos os setores da sociedade trabalharem juntos para a construção de políticas públicas de promoção,proteção e apoio à prática do aleitamento materno.

O município de Piraí tem apresentado índices satisfatórios de prevalência de aleitamento materno exclusivo até os seis meses de vida dos bebês (75 % até final do primeiro semestre de 2017). Contudo ainda é necessário mais esforços para ampliarmos o tempo desta prática por até os dois anos de vida das crianças.  A Secretaria Municipal de Saúde informa que todas as Unidades de Saúde da Família têm profissionais capacitados para orientações à mulher que amamenta.

 Benefícios do leite materno:

- Tem todos os nutrientes que o bebê precisa, inclusive água;

- Capaz de reduzir em até 13% a mortalidade por causas evitáveis em crianças de até 5 anos;

- protege crianças de doenças como diarreias, infeccções respiratórias e alergias;

- reduz risco de desenvolver hipertensão, colesterol alto, diabetes e obesidade na vida adulta. 

Lido 1331 vezes