Sexta, 17 Outubro 2014 09:56

Cozinha japonesa com um toque brasileiro

O chef Nao Hara abriu a programação de aulas de gastronomia no 13º Piraí Fest ensinando a preparar um ceviche de tilápia com macadâmia e temperos orientais.

A plateia acompanhou atentamente as instruções do chef para a conclusão perfeita do prato que segundo Nao Hara é uma excelente entrada, com um clima bem carioca, para qualquer refeição.

Em sua primeira participação no Piraí Fest, Nao Hara disse estar impressionado com a dimensão da Festa, parabenizando à Prefeitura e a organização do evento pela estrutura montada e pelo cuidado com os detalhes.

“Estou achando excelente. Nesse primeiro contato com o público pude perceber um grande interesse e atenção aos detalhes em cada etapa da elaboração da receita”, explicou o Chef.

Amanhã o público poderá se deliciar mais uma vez com a criatividade do Chef Nao Hara no restaurante Seidô, montado na praça da preguiça, onde promete surpreender o público ao combinar pratos da cozinha japonesa mesclados com toques da gastronomia francesa e temperos brasileiros.

Amanhã acontecem outras duas aulas da cozinha criativa na praça da Preguiça, com os chefs Frederic Monnier e Ricardo Lapeyre. Na Primeira aura ao meio dia Frederic irá ministrar uma oficina infantil com o título Fazendo Arte com Biscoitos. Na segunda aula às 16 horas, Ricardo Lapeyre promete uma viagem com a oficina sabores e misturas.

Ceviche de tilápia com macadamia e temperos orientais

Chef Nao Hara – Seidô

Receita

Ingredientes:

- 100g file de tilápia

- 20g pimentão vermelho

- 20g cebola roxa

- 20g pimentão amarelo

- 20g maçã verde

- 50ml leite de coco

- 30ml suco de limão

- 20g macadâmia

- 5ml azeite de dendê

- 5g hondashi

- raspa de limão

- sal

- pimenta

Preparo:

1 - picar o file de tilápia e juntar com os pimentões, cebola e maçã picada.

2 - temperar com o suco de limão, leite de coco e azeite de dendê

3 - acrescentar o gengibre picado e o hondashi.

4 - acertar o sal e pimenta

5 - acrescentar a macadâmia, coentro picado e a raspa de limão.

Lido 717 vezes