Quinta, 04 Janeiro 2018 15:55

Capacitação em controle de vetores para equipes da limpeza urbana em Arrozal

Os técnicos da Divisão de Vigilância, da Secretaria Municipal de Saúde de Piraí, na manhã de ontem (3), se reuniram com cerca de 30 trabalhadores da limpeza urbana da subprefeitura do Distrito de Arrozal, com a finalidade de atualizar informações do Aedes aegypt na localidade e reforçar a importância dos procedimentos de limpeza para o combate do mosquito, roedores e caramujos africanos.

A Chefe da Divisão de Vigilância em Saúde, Ana Cristina de Souza Braga, disse que o trabalho das equipes de limpeza urbana é muito importante no controle da proliferação desses vetores.

“O trabalho feito pelo pessoal da capina e limpeza das ruas é fundamental para a eliminação de possíveis focos do mosquito Aedes aegypt em áreas urbanas”, explicou Ana Cristina.

A chefe da Divisão de Vigilância explicou que outra preocupação é o acondicionamento correto do lixo urbano de forma a controlar a proliferação de ratos, transmissores da leptospirose e outras doenças graves.

O caramujo africano (Achatina fulica) é outra grande preocupação dos agentes de saúde, por se tratar de transmissor de parasitas capazes de provocar doenças sérias.

“Quanto ao caramujo, ele deve ser recolhido, sempre utilizando luvas, colocado em um saco plástico com sal e, após estarem mortos, suas conchas devem ser quebradas e dolocadas para coleta do lixo comum”, explicou Ana Cristina.

O administrador local da Prefeitura de Piraí, Alexsandro Sena, disse que a parceria da equipe de manutenção urbana e os técnicos da Vigilância em Saúde tem sido fundamental para melhorar da qualidade de vida da população.

Lido 127 vezes